sexta-feira, 22 de abril de 2016

DIÁRIO DO INICIADO – O COMEÇO

Ahhh que dia maravilhoso. Mal dormi na ansiedade de saber o que me aguarda. Tenho tantas perguntas. Na verdade acho que nem sei o que perguntar. Tudo mudou o mundo em que vivia não existe, ele não passa de uma farsa. Confesso que me senti o Neal em Matrix, mas lógico que não disse em voz alta, senão o mago iria me abandonar lá mesmo. Mas recapitulando, rapidamente, fui atacado em meu quarto por algo estranho e então entra esse cara parecendo o Raiden do Mortal kombat para me salvar, enfim estamos nesse refúgio parecido com um templo. Ele disse pra eu descansar, dormir, acho que ele tem medo de eu entrar em choque ou me assustar, hahahaha, que nada, estou mais enérgico que nunca.
Então vamos ao que interessa, podemos?
Quarta-feira, 11 de junho de 2014
Não dormi, nunca fiquei tão ansioso assim, reparei no quarto, muito bonito, em decoração egípcia, cheio de urnas, ouro, uma coluna no meio com inscrições, além de parecer uma antiguidade, parecia que não era usado há muito tempo, consigo ver a poeira em torno de todas as coisas. Saio do quarto e vejo um gigantesco salão oval, contornado por inúmeras portas, contei umas 20 e já cansei, no centro uma mesa gigantesca se estendendo de ponta a ponta em um piso rebaixado, cheia de comida, frutas, bebida. Comecei meu desjejum.
Não demorou muito pra escutar uma porta bater e ele se dirigir em minha direção, coberto por um manto azul claro.
- Bom dia. Ele disse
- Bom dia. Respondi
- Pensei muito e a única pergunta que faz sentido é, o que é o despertar?
- Quero que preste atenção a esta historia, ela ira te explicar tudo.
Nos primórdios da humanidade, o homem convivia com a escuridão e nessa escuridão habitavam muitas criaturas. Muitos temiam o desconhecido, mas um grupo de homens se rendeu a curiosidade. Eles viram que quase todas as criaturas se dirigiam para o mesmo lugar antes do amanhecer. Então saíram de suas cavernas, muitos ficaram com medo de perder sua vida, mas os outros seguirem em frente. Andaram por meses, navegaram por semanas e então chegaram a uma ilha. Nessa ilha existia uma esfera que brilhava junto ao Sol. Foram recebidos por um pássaro gigantesco que os chamou de humanos, disse que estavam em um lugar sagrado e eram merecedores do conhecimento por ter chego a esse lugar. Esse lugar se chama Atlantis. Atlantis era uma ilha que possuía uma fenda no Véu entre nosso mundo e o mundo dos espíritos. Ali se formou uma sociedade que se dedicava ao aperfeiçoamento do espirito humano. Eles se dedicavam a meditação e outros ritos para poder acessar conscientemente aquele mundo. Aqueles que conseguiam, voltavam com um conhecimento de épocas a sua frente, tão longe na linha do tempo que não posso arriscar dizer que viam o futuro, na verdade eles conseguiam perceber toda a criação, todas as energias, segredos da natureza e dos espíritos. Alguns dos primeiro magos, não queriam mais viver na ilha, desejavam viver fisicamente no mundo dos espíritos. Construíram uma escada com seu conhecimento e finalmente depois de muito tempo, conseguiram o que tanto desejavam e eles se autodenominavam Exartas. Chegando ao mundo dos espíritos, perceberam que poderiam influenciar a humanidade e se tornar Deuses, um grupo não aceitou esta atitude e entraram em guerra. Os Exartas foram derrotados. A escada foi destruída e os bons continuaram vivendo no plano dos espíritos zelando por nós e evitando que os Exartas tentem mais uma vez controlar a humanidade. Para ajudar o despertar e proteger os iniciados, eles construíram 5 torres em terras encantadas, essas torres não só protegem o desperto como também mostra a ele qual sua afinidade mágica.
- Então esta é a nossa historia. Esse é nosso legado de como o poder corrompe.
A Torre da Chave Dourada: Fundada em Aether, o Reino das Esferas Celestiais, aonde o relâmpago ilumina o céu e mágica cai como chuva.

A Torre da Manopla de Ferro: Fundada em Pandemônio, o Reino dos Pesadelos, aonde os labirintos da mente podem levar qualquer um à loucura e aonde todas as trilhas são ilusões.

A Torre da Moeda de Chumbo: Fundada em Estígia, o Reinos das Criptas, onde os tesouros da terra são guardados e um dia todas as coisas acabarão.

A Torre do Espinho Lunargênteo: Fundada em Arcádia, o Reino do Encantamento, onde o tempo corre de maneira estranha e uma palavra dita descuidadamente pode governar o destino de uma pessoa para sempre.

A Torre do Livro de Pedra: Fundada na Selva Primitiva, o Reino dos Totens, aonde a carne é sempre renovada e o efêmero é tão sólido quanto à matéria.